aretha Nenhum Comentário

O seminário “O setor de saúde como modelo produtivo e de desenvolvimento econômico”, realizado em Brasília pelo ICOS e pela AMB, teve a presença dos senadores Ana Amélia, Edison Lobão e Ronaldo Caiado. Confira abaixo alguns trechos do que cada participante falou

 

IMG_6564

 CLAUDIO LOTTENBERG
Em sua fala de abertura, o presidente do ICOS ressaltou a importância de estabelecer “um diálogo entre aqueles que representam a estrutura do Estado e aqueles que representam a sociedade civil”. Afirmou que o setor da saúde é um importante indutor da economia, que gera mais de 5 milhões de empregos diretos e indiretos. E que pode, dentro de uma visão holística, ser uma força importante “dentro de um país que precisa buscar alternativas para o crescimento”. Lottenberg afirmou que o ICOS tem a plena convicção de que “pode, deve e irá contribuir”, sempre com o objetivo de melhorar o Sistema Único de Saúde e de “atender o interesse do cidadão”.  No evento, Claudio Lottenberg apresentou o tema o tema “Acesso à saúde com qualidade – Implantação de uma agenda de longo prazo para o sistema de saúde do país”. O debate foi aberto aos participantes, que contribuíram para enriquecer as propostas e formular alternativas. Para acessar a apresentação do presidente do Icos, acesse aqui

 

IMG_6900

GIOVANNI GUIDO CERRI
O vice-presidente do ICOS, destacou que o “Brasil precisa de duas coisas importantes: primeiro, união. E o nosso movimento, Coalizão Saúde, representa hoje o setor produtivo unido para melhorar o acesso da população à saúde. E esperança. Esperança que as propostas que se consolidem para essa melhoria da saúde possam vingar e nós possamos ter uma população que seja adequadamente atendida. E este movimento, nesta Casa, representa esta busca”.  Giovanni Cerri falou sobre  “Alternativas para reduzir a judicialização e garantir uma assistência à saúde justa e equânime aos brasileiros”. Para acessar a apresentação, clique aqui

 

IMG_6618

SENADORA ANA AMÉLIA
De atuação destacada na área da saúde, a Senadora Ana Amélia ressaltou a importância do setor no cenário da pesquisa acadêmica. “A contribuição científica brasileira na área da medicina conquistou relevância internacional”, afirmou. Nesse sentido, a senadora falou sobre a importância da desburocratização nos processos de pesquisa clínica, que tornou-se objeto, inclusive, de um projeto de lei. “Contem sempre conosco”, disse, e parabenizou o ICOS por estar “trazendo ao debate todas essas questões”.

IMG_6673

SENADOR EDISON LOBÃO
Presidente da Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal, o Senador Edison Lobão homenageou as lideranças do Instituto Coalizão Saúde e falou do “orgulho” que a medicina nacional representa por possuir centros de excelência como o Hospital Israelita Albert Einstein, o Hospital Sírio-Libanês e o Hospital das Clínicas da FMUSP. “Se há saúde, há felicidade do povo. Se não há, todos vivem com alguma infelicidade”, disse. O senador criticou a gerência dos recursos públicos na saúde, e defendeu melhorias no processo de gestão, “para que a sociedade brasileira se sinta protegida e informada dos avanços e das dificuldades que possamos ter no setor”.

IMG_6916

SENADOR RONALDO CAIADO
Já o senador Ronaldo Caiado, que também parabenizou a iniciativa do ICOS, afirmou: “Temos aqui representantes de importantes lideranças do setor, com um novo viés, um novo foco que está sendo trazido para o Congresso Nacional. Tive a oportunidade de ouvir as diretrizes e bases desse trabalho e me coloquei à disposição para que o Senado Federal seja uma Casa precursora desses projetos que venham dar à medicina brasileira a dimensão que ela merece.”

 

IMG_6862

FRANCISCO BALESTRIN
Francisco Balestrin, conselheiro do ICOS e presidente da Anahp, falou da importância de estarem representados, no encontro, mais de 4.000 hospitais “participando entusiasticamente não só da coalizão, mas deste novo mundo, de organização, de gestão, e de trabalho focado na qualidade e na segurança assistencial”.

 

IMG_6797

WALTER GODOY e ARNALDO HOSSEPIAN 
Conselheiro do CNJ, Arnaldo Hossepian destacou a relevância do debate sobre judicialização da saúde, um dos temas centrais para o ICOS. “Precisamos equipar o magistrado de ferramentas adequadas para que ele, no momento em que se depare com uma demanda de saúde apontada como emergencial, se sinta confortável para deliberar da maneira mais adequada possível”. Walter Godoy, Coordenador do Fórum da Saúde no CNJ e Juiz Auxiliar do STF, também abordou o tema e afirmou que “o acesso à saúde é sem dúvida um dos meios mais eficientes de se aferir o marco civilizatório de um país”.

IMG_6738

MARCO POLO DIAS FREITAS
Secretário de Serviços Integrados à Saúde do STF e representante do Ministro Presidente do STF e do CNJ Ricardo Lewandowski no evento, ele defendeu a integração das experiências dos setores público e privado. “O privado, com sua experiência de gestão e condução de processos, voltados para a qualidade e a atenção ao usuário. E o público, pela capilarização que possui. Para, assim, ser possível  transformar a saúde num alavancador de sucesso e progresso para o país.”

IMG_6776

JOSÉ LUIZ BONAMIGO FILHO
Representante do Dr. Florentino Cardoso, da AMB, ele também ressaltou a importância da participação da sociedade civil na tomada de decisões. “Não podemos votar e deixar os políticos abandonados. A sociedade civil deve ter maior participação. E este evento demonstra isso”, afirmou.